Comunicado

Comunica-se a todos os pais e encarregados de educação, bem como a toda a comunidade educativa, que, após testagem massiva da comunidade escolar da EB2/3 Dr. Armando Lizardo, identificados os casos positivos e cortadas as cadeias, o ensino presencial será retomado na próxima segunda-feira, dia 26 de abril de 2021, mantendo-se em isolamento as turmas já identificadas pela autoridade de saúde.


Mais se informa que continuam em isolamento profilático as duas turmas da EB1 Azervadinha 2 , pelo que não haverá atividades letivas presenciais até dia 29 de abril, prevendo-se a reabertura para dia 30 de abril de 2021.


Pede-se a toda a comunidade a divulgação desta informação e solicita-se que fiquem atentos a outras informações.


Agrupamento de Escolas de Coruche, 21 de abril de 2021

A Diretora
Isabel Cordeiro

Comunicado

Comunica-se a todos os pais e encarregados de educação, bem como a toda a comunidade educativa, que, por decisão da Autoridade de Saúde encontram-se encerradas, a partir de amanhã, dia 16 de abril de 2021, por um período a definir pelo Sr. Delegado de Saúde, as seguintes escolas:

  • EB2/3 Dr Armando Lizardo
  • EB1 Azervadinha 2

Os alunos destas escolas retomarão , a partir de amanhã, 16 de Abril de 2021, o ensino à distância, através da plataforma “teams”.

Esta situação prende-se com o facto de, no dia de hoje, terem testado positivo para covid 19 cinco alunos da EB2/3 e um aluno de Azervadinha 2.

Todos os alunos, pessoal docente e não docente destas escolas serão testados na próxima segunda-feira, dia 19 de abril, em horário que os Srs. Diretores de Turma divulgarão às famílias.

Pede-se a toda a comunidade a divulgação desta informação e solicita-se que fiquem atentos a outras informações.

Agrupamento de Escolas de Coruche, 15 de abril de 2021

A Diretora

Isabel Cordeiro

Interrupção letiva de 15 dias

interrupcao_letiva_de_15_dias

O Sr. primeiro-ministro anunciou uma interrupção letiva de 15 dias, que entra em vigor na sexta-feira, dia 22-01-2021 , que se justifica por um “princípio de precaução” por causa do aumento do número de casos da variante mais contagiosa do SARS-CoV-2, que cresceram de cerca de 8% de prevalência na semana passada para cerca de 20% atualmente.